21/09/2015

Alguns bons filmes 21/09/2015


Harold And Maude <3<3

Harold and Maude (em Portugal e no Brasil: Ensina-me a Viver) é um filme estadunidense de drama e romance de 1971 dirigido por Hal Ashby.Estrelando Ruth Gordon e Bud Cort, o filme tem em seu enredo elementos de drama existencialista misturado com humor negro. 

A separação 

Jodaeiye Nader az Simin (A Separação (título no Brasil) ou Uma Separação (título em Portugal) é um filme iraniano lançado em 2011 do gênero drama, escrito e dirigido por Asghar Farhadi e estrelado por Leila Hatami, Peyman Moaadi, Shahab Hosseini, entre outros.



Drive 

Drive é um filme estadunidense de 2011 dirigido pelo dinamarquês Nicolas Winding Refn e estrelado por Ryan Gosling, Carey Mulligan, Bryan Cranston e Albert Brooks.



Chinatown

Chinatown é um filme neo-noir estadunidense de 1974, dirigido por Roman Polanski, com roteiro de Robert Towne, e estrelado por Jack Nicholson, Faye Dunaway e John Huston. O filme foi inspirado pelas guerras da água na Califórnia.




E o vento levou

Gone with the Wind (intitulado ...E o Vento Levou no Brasil) é um filme estadunidense de romance histórico dirigido por Victor Fleming e produzido por David O. Selznick. Lançado em 15 de dezembro de 1939indicado em 13 categorias no Oscar de 1940, e venceu dez delas.




Annie Hall

Annie Hall (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa (título no Brasil)  é um filme estado-unidense de 1977, do gênero comédia romântica, com direção e atuação de Woody Allen.






Il buono, il brutto, il cattivo

Três Homens em Conflito / O Bom, o Mau e o Feio (título no Brasil)é um filme italiano épico de spaghetti western lançado originalmente em 1966, dirigido por Sergio Leone e estrelando Clint Eastwood, Lee Van Cleef e Eli Wallach nos papéis principais.



Atonement

Desejo e Reparação é um filme de Joe Wright dos gêneros drama, romance e guerra, lançado em 2007
Baseado no best-seller homónimo do escritor Ian McEwan, Atonement aborda temas como criatividade, os horrores da Segunda Guerra Mundial, o sentimento de culpa, o arrependimento e a esperança.



O Pianista 

Filme de 2002 dirigido por Roman Polanski e estrelado por Adrien Brody. É baseado na autobiografia de mesmo nome escrito pelo músico Polaco Władysław Szpilman.The Pianist foi indicado a sete Oscars.


Eastern Promises

Senhores do Crime é um filme dirigido por David Cronenberg, lançado em 2007.Em Londres, a enfermeira Anna inicia busca pela família de uma garota cuja mãe (prostituta) morreu após o parto. Os indícios a levam a Vory V Zakone, Máfia Russa que comanda tráfico de mulheres e prostituição.


Relatos Salvajes

 (Relatos Selvagensé um filme argentino de 2014, dirigido por Damián Szifron.Diante de uma realidade crua e imprevisível, os personagens deste filme caminham sobre a linha tênue que separa a civilização da barbárie.




Mad Max: Fury Road 

Mad Max: Estrada da Fúria, no Brasil e em Portugal) é um filme de ação de 2015 dirigido por George Miller e e escrito por Miller, Brendan McCarthy e Nico Lathouris. É o quarto filme da franquia Mad Max, se passando em um vasto deserto de um futuro pós-apocalíptico onde gasolina e água são bens valiosos.

Beginners

Toda Forma de Amor  ou Assim é o Amor é um filme estadunidense de 2010, dos gêneros romance, comédia e drama, escrito e dirigido por Mike Mills.Oliver (Ewan McGregor)reflete sobre a vida e a morte de seu pai, que depois de uma relação de aproximadamente quatro décadas com a mãe de Oliver revelou que era homossexual.

20/09/2015

CHILE-Valle Nevado

Endereço : Avenida Vitacura 5250 of. 304, Vitacura, Región Metropolitana, Chile


©gabrielakataoka

A História da Arte - E.H. Gombrich - 1-37


"Nada existe a que se possa dar o nome Arte. Existem somente artistas." 

"Não existe maior obstaculo à fruição de grandes obras de arte do que nossa relutância em descartar hábitos e preconceitos."


Caravaggio (1571-1610)- São Mateus, 1602 (Retábulo: óleo sobre tela, 223 x 183 cm; destruído; antes no Kaiser-Friedich Museum, Berlim)

10/09/2015

By André Breton


¤ Collage - Andre Breton: "Always for the first time
Hardly do I know you by sight
You return at some hour of the night to a house at an angle to my window
A wholly imaginary house
It is there that from one second to the next
In the inviolate darkness
I anticipate once more the fascinating rift occurring
The one and only rift
In the facade and in my heart
The closer I come to you
In reality
The more the key sings at the door of the unknown room
Where you appear alone before me
At first you coalesce entirely with the brightness
The elusive angle of a curtain
It's a field of jasmine I gazed upon at dawn on a road in the vicinity of Grasse
With the diagonal slant of its girls picking
Behind them the dark falling wing of the plants stripped bare
Before them a T-square of dazzling light
The curtain invisibly raised
In a frenzy all the flowers swarm back in
It is you at grips with that too long hour never dim enough until sleep
You as though you could be
The same except that I shall perhaps never meet you
You pretend not to know I am watching you
Marvelously I am no longer sure you know
You idleness brings tears to my eyes
A swarm of interpretations surrounds each of your gestures
It's a honeydew hunt
There are rocking chairs on a deck there are branches that may well scratch you in the
forest
There are in a shop window in the rue Notre-Dame-de-Lorette
Two lovely crossed legs caught in long stockings
Flaring out in the center of a great white clover
There is a silken ladder rolled out over the ivy
There is
By my leaning over the precipice
Of your presence and your absence in hopeless fusion
My finding the secret
Of loving you
Always for the first time "


02/09/2015

IBERÊ CAMARGO

Ultimamente me interessei pelo trabalho do artista brasileiro Iberê Bassani de Camargo(1914-1994),segue seleção das minhas obras preferidas dele:


Retrato de Maria

Retrato de Maria

óleo sobre tela, c.i.d.
50.00 x 45.00 cm
Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre, RS)








Espaço com Figura III

Espaço com Figura III

óleo sobre tela, c.i.d.
130.00 x 184.00 cm
Coleção particular
Reprodução fotográfica autoria desconhecida







Fantasmagoria III


Fantasmagoria III

óleo sobre tela
200.00 x 236.00 cm
Fundação Iberê Camargo (Porto Alegre, RS)
Reprodução fotográfica Romulo Fialdini





Porém o que mais me surpreendeu foi o seu processo de criação.Para a minha surpresa na aula de Metodologia do estudo em Artes Visuais, minha professora passou o vídeo "Iberê Camargo em Processo" onde mostra o processo da criatividade e personalidade dele diante ao desenvolvimento de seu trabalho.



http://www.iberecamargo.org.br/site/
https://pt.wikipedia.org/wiki/Iber%C3%AA_Camargo
http://enciclopedia.itaucultural.org.br/pessoa1721/ibere-camargo


LONDON:London Eye-Big Ben-River Thames

Endereço:
London SE1 7PB, Reino Unido
Westminster, London SW1A 0AA, Reino Unido

©gabrielakataoka

27/08/2015

VIDEOARTE

Esse meio artístico surgiu na década de sessenta em um contexto no qual os artistas procuravam uma arte contrária à comercial a partir da difusão da tecnologia da reprodução de imagem.

Em 1973 o artista Richard Serra faz uma crítica social à mercantilização da imagem e seus processos políticos no videoarte “Television Delivers People” onde o texto desta obra de arte vídeo é uma crítica dos meios de comunicação e da cultura pop como uma tática de controle e construção social, texto rola gerados eletronicamente através da tela em letras amarelas com o fundo azul ,e esse efeito minimalista dá a sensação de uma transmissão de um programa ou boletim de informação de um canal da televisão, devido a isso ele desconstrói fazendo uma crítica sarcástica a estratégia global de manipulação do mundo na mídia televisiva.


Influenciado pela Arte pop, minimalismo, arte conceitual e vanguardas dos anos de 1960 e 1970 onde nesses momentos são criados também outras manifestações artísticas como instalações, performances e happenings, seguidas também pelo movimento artístico Fluxus de 1961 o qual utiliza-se não só objetos para a realização da participação do observador com a obra como também sons, movimentos, luzes, imagens, em gerais todos os sentidos são validos.

O vídeo e a televisão até então eram somente usados para fins comerciais e como o alto preço do equipamento na época, foi muito limitado o acesso aos artistas que gostariam de trabalhar com tal tecnologia.
Essa forma de expressão artística consiste em demonstrar uma relação entre a linguagem da imagem e do espectador, através do vídeo.Com as tecnologias e os meios em massa se polarizando e a rápida evolução da Globalização pelos meios de comunicação, a Videoarte tinha a proposta de mudar a projeção dessa mídia para algo que evocaria sensações.
Em 1974 ficaria marcado com o lançamento da primeira câmera portátil de gravação de vídeo que fez com que essa técnica artística pudesse ser mais bem explorada e elaborada.

A Sony AV-3400 Portapak:



“MEIOS DIGITAIS E FOTOGRAFIA: O desenvolvimento da tecnologia digital atingiu o amago da pratica artística, causando um grande impacto na maioria das áreas relacionadas com a arte. Para muitos trata-se de uma ferramenta indispensável. Para outros, é o meio preferido. As máquinas fotográficas digitais transformaram a fotografia, tornando-a capaz de competir com formatos tradicionais. ” –Ray Smith, Manual Prático do Artista.
O foco da Videoarte é causar sensações em um todo resumido, sem nenhum compromisso com enredo ou narração, cada observador pode interpretar o que quiser, as possibilidades representadas nas imagens projetadas na videoarte são infinitas. O movimento faz com que o espectador tenha uma relação e participação com a obra.
“Uma nova forma de olhar está implicada nesse processo, distante da ilusão projetada pela tela cinematográfica e da observação da obra tal como costuma ocorrer numa exposição de arte. O campo de visão do espectador é alargado, transitando das imagens em movimento do vídeo ao espaço envolvente da galeria. As cenas, os sons e as cores que os vídeos produzem, menos do que confinados ao monitor, expandem-se sobre e ao redor das paredes da galeria, conferindo ao espaço um sentido de atividade: o olho do espectador mira a tela e além dela, as paredes, relacionando as imagens que o envolvem. Se a videoarte interpela o espaço, visa também alterar as formas de apreensão do tempo na arte. As imagens, em série como num enredo ou projetadas simultaneamente, almejam multiplicar as possibilidades de o trabalho artístico lidar com as coordenadas temporais. “ –Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais

Bill Viola:]



É um videoartista estadunidense nascido em 1951, começou sua carreira em 1970 em Nova York, influenciado pelos trabalhos de Nam June Paik,Joseph Beuys, Wolft Vostell,Bruce Nauman e Peter Campus. Seus vídeos consistem em abranger um entendimento do tempo pelo uso do som usando imagens abstratas, porém simbólicas.











Obra: Emergence



por Bill Viola/ 2002/The J. Paul Getty Museum

Emergence foi encomendada pelo Museu Getty, como parte do “Bill Viola: A exposição Passions” organizada pelo Museu em 2003. O vídeo foi inspirado por um afresco de 1400 por Masolino da Panicale, em que o Cristo morto é mostrado no momento da Ressurreição.



In the publication Bill Viola: The Passions, the artist describes the plot of his video Emergence:
Na publicação de Bill Viola, o artista descreve o enredo de The Emergence :

“Duas mulheres são vistas sentados em cada lado de uma cisterna de mármore em um pequeno pátio. Eles esperam pacientemente em silêncio, apenas ocasionalmente reconhecendo presença um do outro. Tempo fica suspenso e indeterminado, a finalidade e o destino de suas ações desconhecidas. Sua vigília é subitamente interrompida por uma premonição. A mulher mais jovem abruptamente se vira e olha para a cisterna. Ela assiste incrédulo, enquanto cabeça de um homem jovem aparece, e em seguida, seu corpo se eleva, derramando água sobre os lados e para fora para a base e o piso do pátio.
A água em cascata chama a atenção da mulher mais velha, e ela se vira para testemunhar o evento milagroso. Ela se levanta, elaborado pela crescente presença do jovem. A mulher mais jovem agarra o braço e acaricia-la como se cumprimenta um amor perdido. Quando o corpo pálido do jovem atinge sua extensão mais completa, ele cambaleia e cai. A mulher mais velha pega em seus braços, e com a ajuda da mulher mais jovem, eles lutam para diminuir-lhe suavemente no chão. Bruços e sem vida, ele é coberto por um pano. Embalando a cabeça sobre os joelhos, a mulher mais velha finalmente cai em prantos como a mulher mais jovem, tomado pela emoção, ternura abraça seu corpo."

"Como uma obra de arte, Emergence transcende isso - e, provavelmente, qualquer - descrição literal. O vídeo se assemelha a uma pintura porque ele está enquadrado, montado em uma parede, silencioso, a narrativa ocorre em movimento extremamente lento. Como uma instalação de projeção traseira, ele assume um brilho sobrenatural. Embora o enredo sugere histórias bíblicas como a ressurreição de Cristo, tais associações metafóricas são ambíguas: por exemplo, o homem levanta-se fora de uma fonte de água implica nascimento, mas seu corpo, quando colocada no chão, sugere a morte.

É participação do espectador quase como um espectador de um evento miraculoso, no entanto, que faz com que o trabalho fascinante. Durante o vídeo quase doze minutos, o observador experimenta a mesma passagem de tempo prolongado, como as mulheres que esperam pelo bem. Este retardamento deliberado para baixo de entrada sensual incentiva uma maior consciência dos personagens 'cada expressão diferenciada e movimento - e, por sua vez, de próprio processo perceptivo do espectador."

Esse vídeo passado em câmera lenta faz com que o espectador perceba cada mudança sutil na cena reparando todos os elementos emocionais e causando uma inércia do observador para a realidade tocante da videoarte.

Bibliografia:

-Enciclopédia Itaú Cultural de Artes Visuais
-Manual Prático do Artista de Ray Smith
-http://pt.wikipedia.org/wiki/Videoarte
-Estilos, escolas e movimentos de Amy Dempsey